brasão governo do estado de são paulo

Em atendimento à legislação eleitoral (Lei nº 9.504/1997), os demais conteúdos desse site ficarão indisponíveis de 5 de julho de 2018 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Ambiência

A PNH define Ambiência como tratamento dado ao espaço físico entendido como espaço social, profissional e de relações interpessoais que deve proporcionar atenção acolhedora, humana e resolutiva. Em interface com os demais dispositivos da PNH, esse conceito envolve questões relativas a conforto, privacidade, acolhimento, integração, espaços de “estar”, assim como espaços que propiciem processo reflexivo, inclusão e participação. Na composição da Ambiência estão presentes elementos como: forma, cor, luz, cheiro, som, texturas etc. 

 

Considerando essa conceituação, a PEH propõe atenção à busca dos seguintes objetivos:


• Oferecer espaços de acesso e espera que diferenciem atendimentos preferenciais, que facilitem a priorização do atendimento e a movimentação de usuários e profissionais - diferenciação de urgências e emergências, entradas separadas para criança/gestante, priorização do atendimento a idosos, atenção especial aos grupos vulneráveis vítimas de violência e pessoas com necessidades especiais;


• Oferecer espaços de atendimento ao paciente com privacidade e conforto;


• Dispor de mobiliários confortáveis e colocados de forma a permitir a interação entre os usuários e destes com os profissionais;


• Contribuir para que os espaços sejam contíguos ou permitam integração do trabalho multiprofissional;


• Garantir fácil orientação e fluxo de deslocamento dos usuários entre as áreas e serviços;


• Favorecer o acolhimento ao visitante oferecendo espaços de escuta, recepção e orientação;


• Facilitar a participação do acompanhante ou familiar, disponibilizando conforto e acolhimento, áreas informes aos familiares, áreas de espera, convivência e descanso com assentos confortáveis e em quantidade compatível;

 

• Respeitar peculiaridades culturais, sociais e religiosas;


• Oferecer áreas de trabalho em grupo e espaços para reuniões interprofissionais;


• Oferecer áreas de apoio em número e condições adequadas a todos os profissionais;


• Oferecer áreas externas que favoreçam o acesso, a espera e o descanso de acompanhantes e trabalhadores.