brasão governo do estado de são paulo

Em atendimento à legislação eleitoral (Lei nº 9.504/1997), os demais conteúdos desse site ficarão indisponíveis de 5 de julho de 2018 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Situação Atual

A Febre Amarela (FA) era a principal endemia urbana do Brasil, no início do século passado. Com o desenvolvimento de vacina eficaz e a erradicação do mosquito Aedes aegypti (transmissor urbano da doença), sua transmissão ficou restrita a áreas silvestres, com uma redução drástica do número de casos registrados. A reintrodução do vetor urbano, verificada em meados do século passado, trouxe de volta o risco de reurbanização da doença, principalmente devido ao fato de moradores das cidades adentrarem a mata, onde existe o ciclo silvestre da doença, por motivos diversos (trabalho, lazer, estudo, etc...) sem vacinação prévia. No caso de serem contaminados por vetores silvestres da doença, estes podem, retornando para suas casas, contaminar os vetores urbanos, dando início a ciclos da doença nesse ambiente.